Amor é isto: a dialética entre a inteligência do encontro e a dor da separação. Quem não pode suportar a dor da separação não está preparado para o amor. Porque o amor é algo que não se possui, jamais. É evento de graça. Aparece quando quer, e só nos resta ficar à espera. E, quando ele volta, a alegria volta com ele. E sentimos então que valeu a pena suportar a dor da ausência, pela alegria do reencontro.
Rubem Alves.   (via poesia-e-fe)
Assim como a água reflete o rosto, o coração reflete quem somos nós.
Provérbios 27:19. (via deusparaasnacoes)
Às vezes é melhor ficar em silêncio. Porque algumas vezes não há palavras que possam expressar tudo que se passa dentro da sua mente e do seu coração.
Nanda Marques (via versear)
Não importa a idade que você tem, nem mesmo se é uma pessoa famosa ou se vive no anonimato. Também não importa se está a passar por uma derrota ou se está no auge do sucesso, nem importa também se, em algumas situações, você está angustiado, tenso, desesperado e tem de admitir que não estava certo. O que importa é que você conquistou o direito de ser um ser humano, consciente, inteligente e livre. A sua vida é mais importante do que todo o dinheiro do mundo e mais valiosa do que todos os aplausos das multidões. Traga sempre na sua memória que, ainda que esteja em filas no banco, no trânsito, no supermercado, você não é mais uma conta bancária, nem mais um número de identidade ou de cartão de crédito e, que se não existisse, o universo não seria o mesmo.
Augusto Cury.  (via lettres-a-paris)